⌠ 43 avaliações para a publicação abaixo ⌡
Samira
Ah, o amor ou o desamor?
Escrito por Sam


O amor é triste
E na tristeza se conhece
A real alma que o habita
O amor é aceno de longe
Arde em vermelho dentro dos olhos
Quer gritar mas não grita
O amor não ergue placas
Nem balões coloridos
Amor não se disfarça em adornos
Não se esconde em arranjos de flores

Suspeito que o amor odeia ser amor
Porque amar também é dor
O amor tão timido e quieto
Rasga todas as paredes
Essas intactas da alma

O amor é medroso, covarde, frouxo
Não esconde o medo de saber que é amor

Esse não se desdobra em fogos de artificios
Fica quieto, latejando no corredor
Acha que olhos são ilegíveis
Pensa que seu amor é analfabeto

Falar de amor é tão fácil
E falar de amor no século XXI
Esse amor tão bordado...


(Samira Assis)